AGORA, BM WORKS É TAMBÉM UMA DISTRIBUIDORA CANON

Plano estratégico e expertise são as apostas da empresa para potencializar o crescimento dos negócios da marca japonesa

Canon, conhecida mundialmente por seus equipamentos fotográficos, também é referência no mercado de printers. Só no Brasil, por exemplo, possui um expressivo parque instalado de mais de 200 equipamentos da linha imagePress.


Em uma nova ação para intensificar sua presença, a multinacional japonesa conta com mais uma distribuidora de peso no mercado, a BM Works. Liderada por Douglas Cho, a empresa entra em campo unindo experiência e credibilidade.

Douglas Cho e Oscar Sakaue

Para isso, em uma aliança estratégica, o CEO da BM Works se uniu a Oscar Sakaue que, ao longo de 20 anos, já passou por Noritsu, Kodak e Fujifilm do Brasil. Juntos, eles visam aumentar as competências do negócio, elevar a eficiência e incrementar os resultados da Canon do Brasil a clientes de todo o mercado.


A empresa, que traz em seu DNA um know-how inigualável, baseado num trabalho muito próximo a donos de laboratórios fotográficos de todas as regiões do País, utilizará deste diferencial para facilitar a expansão da marca e desenvolvimento dos negócios, no mercado fotográfico.


“A BM Works é um novo parceiro Canon com expertise em fotografia. Utilizando-se deste diferencial, atuará na expansão da marca, desenvolvimento dos negócios, execução e consolidação do plano estratégico”, diz Oscar Sakaue.


CAMPO DE TRABALHO

Assim como já faz em outras frentes nas quais atua, a BM Works dará todo o suporte técnico que o cliente necessitar, desde ajuda com os equipamentos, consumíveis, mídias, acabamento, entrega e pós-venda.


Hoje, além de seu portfólio com produtos que vão da captura (câmeras/scanners) à saída (impressoras), a Canon se sobressai entre printers de fotos e álbuns gráficos. Pois é a única empresa que possui portfólio nas duas tecnologias de impressão: eletrofotografia (tonner) com a linha imagePRESS, e Inkjet, com a linha imagePROGRAF e Dreamlabo.

Os papéis especiais Canon também são destaque, e em breve também serão revendidos pela BM Works

“O cliente tem a certeza de contar com a excelência dos produtos Canon em todas as plataformas de negócios destes mercados”, destaca Sakaue.


VISÃO DE FUTURO

Com os equipamentos Canon, os novos distribuidores enxergam um potencial para lojas de foto e labs pro. O foco agora é mostrar que também existem possibilidades de crescimento para lojas de foto envolvendo o consumidor final. Tudo isso através de iniciativas com novos formatos de negócios e propostas inovadoras, que envolvam a transformação da fotografia para entregar um conceito amplo de produto e serviço.

“A BM Works está muito confiante nesta nova parceria e acredita que, juntamente com a Canon, poderá contar lindíssimas histórias de sucesso de seus clientes”.


O QUE SE PODE ESPERAR DESSA NOVA PARCERIA?


A BM Works garante que será elo na intermediação entre Canon e seus clientes. Pois, além de segurança na construção de negociações sólidas, com profissionais de décadas de expertise no mercado fotográfico, Cho e Sakaue conhecem e entendem as particularidades do setor. Bem como as tendências de futuro para o sucesso dos negócios. Quanto às expectativas, eles afirmam que são as mais positivas.


“A BM Works está muito confiante nesta nova parceria e acredita que, juntamente com a Canon, poderá contar lindíssimas histórias de sucesso de seus clientes”, concluem.


Em breve, a BM Works também passará a distribuir mídias Mitsubishi (homologadas pela Canon) para o mercado gráfico em geral. Assumindo, assim, o compromisso de levar as melhores soluções aos clientes.

Oportunidade para quem deseja migrar do RGB para o CMYK?

A BM Works vai atuar exatamente para poder mostrar que trabalhar com impressoras Canon é sinônimo de versatilidade. Isso se encaixa, inclusive, para a adeptos aos minilabs. Quem está acostumado a trabalhar com eles enfrenta uma série de dificuldades ao fazer a transição para uma impressora que trabalha com CMYK.


Segundo André Borges Gomes, consultor em tecnologia gráfica, com especialização em gerenciamento de cores e tratamento de imagem digital, uma parte importante desse processo é entender os aspectos e as vantagens da conversão do RGB para o CMYK.


Hoje, a Canon oferece produtos para os diferentes mercados. São opções que vão desde impressoras fine art de pequeno porte, como as da linha ImagePROGRAF, até impressoras especificamente voltadas para o mercado fotográfico de grande tiragem.

André Borges Gomes, consultor em tecnologia gráfica Canon

“As pessoas não sabem todos os recursos que a máquina apresenta. Quando você compra uma impressora dessas, ela tem uma quantidade enorme de possibilidades e alternativas de trabalho na produção, que podem dar o melhor resultado com um tipo de imagem. Esses recursos estão disponíveis no sistema e a gente tem que entender como eles funcionam e em que situações eles podem ser aplicados”, explica.


Entre as vantagens de se trabalhar com uma impressora digital, Gomes destaque que as ferramentas de manutenção para a estabilidade de cor são muito mais amplas do que em uma impressora baseada em processo químico.


Vale destacar também que há uma possibilidade maior de uso de revestimentos e soluções de acabamento. Além da alternativa de trabalhar com uma gama muito maior de papéis.


“Na impressão à base de toner a gente pode usar um papel texturizado, papel de cores diferentes, papéis à base de algodão papel com revestimento, sem revestimento, com brilho sem brilho, matte fosco, mais azulado, mais amarelado. A variedade é muito maior”, diz.

Tipos de impressão

CMYK

Padrão em impressoras Jato de tinta, utiliza das cores ciano (C), magenta (M), Amarelo (Y) e preto (K).

RGB

Padrão utilizado em monitores e impressões fine-art. Permite uma melhor reprodução de cor e mais fidelidade a reprodução digital.

CONHEÇA AS LINHAS DE IMPRESSORAS CANON

Conteúdo por